Cinco destinos no Brasil para viajar pós pandemia

O Brasil é um dos países mais ricos de cidades históricas, belezas naturais e cenários paradisíacos. E cada região tem uma cultura diversa e diferente: do folclore único nordestino, suas praias inesquecíveis, clima quente e culinária típica e apaixonante - ao friozinho do sul do país, a cultura de imigrantes italianos, alemães e japoneses e os pampas e suas belas paisagens verdes.

Separamos 5 hotspots incríveis para você viajar depois que a quarentena acabar. Vem com a gente:

Lençóis Maranhenses

No estado do Maranhão se localiza um dos verdade oásis mundiais: os lençóis maranhenses são uma formação natural de dunas e água de chuva que formam lagoas naturais no primeiro semestre do ano, que ficam imperdíveis de visitar entre junho e setembro, antes das lagoas evaporarem.

A melhor forma de chegar no Parque Nacional é através do vôo para São Luís, para ficar em Santo Amaro, que fica 240 km da capital do Maranhão. Ficando em Santo Amaro, você está 10 min de distância de carro dos Lençóis Maranhenses.

As lagoas mais incríveis (e visitadas) são a Lagoa Bonita, Lagoa da Andorinha, Lagoa Azul, Lagoas Emendadas e Canto de Atins - que além de lagoas, tem restaurantes com comidas típicas maranhenses.

Fernando de Noronha

Consideradas uma das ilhas mais bonitas do mundo, Fernando de Noronha é um dos grandes orgulhos brasileiros. A 350km de Recife, a ilha é um parque ecológico protegido com tartarugas, golfinhos e peixes nadando livremente em águas quentes e cristalinas.

Vale a pena conhecer toda a ilha, incluindo o roteiro clássico da Baía do Sancho, a Baía dos Porcos e a Praia do Leão. Ainda tem a piscina natural da Praia do Cachorro, o dolce far niente da Praia do Meio e o mirante do Boldró.

Alter do Chão

O Pará é cenário do maior parque de praias de água doce do mundo: bem vindo ao Caribe Amazônico, com praias banhadas pelas águas cristalinas do Rio Tapajós.

A praia mais conhecida é a a Ilha do Amor, que só para checar via barquinho ou cruzando o rio (menos de 5 min de caminhada). Não deixe de visitar a Ponta do Cururu, Ponta do Muretá, Pindobal e Ponta das Pedras.

Na vila de Alter do Chão, experimente a gastronomia local e e os peixes da espécie tucunaré e tambaqui, assado, caldeirada e ao molho de escabeche.

A pousada boutique Vila de Alter é o local ideal para você passar os seus dias em Alter do Chão: localizada no vilarejo de Santarém, é pousada perfeita para ter uma verdadeira experiência da região amazônica, com bangalôs super bem decorados e exclusivos.

Chapada Diamantina

Para os amantes de lugares com energias incríveis e aura mística, a Chapada Diamantina é a oportunidade de ter contato direto com natureza selvagem entre a Bahia e o cerrado.

É essencial estar de carro ou com tour turístico para conhecer as grutas e poços da Chapada. Apaixone-se pela Caverna da Pratinha, o Poço Encantado, o Poço Azul. A Cachoeira do Buracão tem 75 metros de altura e é completamente apaixonante.

Vale a pena fazer um passeio pelo Pantanal de Marimbus de canoa, mergulhar na cachoeira do Mosquito e ver as pinturas rupestres da Serra das Paridas.

Em setembro, a Chapada recebe o Festival de Jazz do Capão no Vale do Capão, onde mais tem algumas das melhores pousadas e restaurantes da Chapada.

Bonito

Em Mato Grosso do Sul, Bonito é uma cidade a 300km de Campo Grande com vegetação típica do cerrado e mata atlântica, com rios e lagos cristalinos com fundo azul turquesa - cartão postal da cidade.

Os passeios são todos em propriedades privadas e previamente agendados e reservados. É ótimo: você tem o rio e grutas quase todos para você para fazer flutuação nos lagos.

Não deixe de visitar a Gruta do Lago Azul, a flutuação no Rio Sucuri, no Aquário Natural e no Rio da Prata e para os aventureiros, a Lagoa Misteriosa, onde é possível fazer mergulhos de cilindro.

Posts Recentes
Arquivos
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Pinterest Icon

I DO, BRAZIL | CNPJ: 29.012.973/0001-22

Wedding & Tourism