Como foi a organização do meu casamento - Fabi&Kaio

 

Um dos motivos que me fizeram mudar de profissão e entrar de sócia da I do foi o meu casamento e nada mais justo que falar sobre como ele aconteceu.

 

Tudo começou quando eu e o Kaio decidimos morar juntos. Nós nunca tivemos desejo de festa ou qualquer outra celebração, nossa vontade era juntar os trapinhos e guardar esse dinheiro para viagens. Sendo assim, fui comentar com meus pais e foi a partir que tudo mudou.  Meu pai sempre foi apaixonado por festas, seja de 15 anos, aniversários ou casamento e, então, ele decidiu que ia sim ter festa. Nos vimos praticamente sem saída, afinal, porque uma filha negaria esse pedido tão especial do pai?

 

A organização do casamento

 

A partir desse momento, eu mergulhei em um turbilhão de coisas novas, fornecedores, locais, lista e mil expectativas. A cada dia uma novidade surgia e eu me via cada vez mais perdida. Um mundo se abriu na minha frente e eu descobri o famoso – e maravilhoso - universo do casamento.

 

De acordo com os inúmeros sites sobre casamento, a primeira coisa a se fazer é definir uma lista de convidados. Acreditem, esse é o pior dia da vida de vocês. Começam a surgir pessoas que você nem lembrou mas acha que deve convidar, parentes dos pais e amigos que você nunca viu mas que tem que entrar na lista, e pessoas sem noção que acham que devem ser convidadas e se convidam. A partir da lista feita você deve considerar uma margem de pessoas que não vão comparecer, cerca de 15 a 20%, que varia dependendo de onde será realizado o casamento e a composição da lista, pois se existirem muitos convidados de fora da cidade, o índice de ausência tende a ser maior.

 

A escolha do local vem do número de convidados da lista. Cada local tem uma capacidade e a partir disso você pode começar a filtrar. Como nunca quis nada clássico, nem tinha um sonho de casamento, fui pesquisar locais ao ar livre porque queria natureza e por do sol reunidos nesse dia. Depois de alguma procura, a Casa de Santa Teresa foi o local decidido. O motivo? OLHA ESSA VISTA! Fomos muito bem recebidos pela Sonia, dona da casa e também cerimonialista.

 

 

A importância de uma cerimonialista no casamento

 

Para uma organização menos estressante: contrate uma cerimonialista! O Instagram e o Pinterest são fontes de pesquisa de diversas coisas, mas uma boa cerimonialista vai facilitar a sua vida e muito. Cabe a ela fornecer opções de fornecedores, pedir orçamentos e deixar tudo organizado para o dia tão esperado. Sempre é bom ter uma planilha para não se perder, deixando claro o valor total do serviço, quanto você já pagou, quanto falta pagar e até quando é o prazo final.

 

Uma dica importantíssima é: façam contrato por escrito de tudo! Claro que diversas empresas são conhecidas no mercado mas respaldo legal sempre é bom e dá mais segurança para você e para o fornecedor no caso de algum imprevisto.

 

Depois disso é só alegria, provas de vestido, doces, bolo e reuniões infinitas. Você mergulha em um universo incrível e outra dica que eu posso dar é: tenha certeza do que quer e não se deixe levar. Muitas pessoas vão falar que tem que ter algo no dia ou que não pode faltar aquilo e honestamente a única coisa que não pode faltar é amor!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivos
Please reload

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Pinterest Icon

I DO, BRAZIL | CNPJ: 29.012.973/0001-22

Destination wedding and honeymoon specialized company

©2017 por Bclan Comunicação